Açoita cavalo – Luehea candicans

Açoita cavalo - Luehea candicans

Açoita cavalo – Luehea candicans

Árvore com cerca de 10 m de altura. Tronco com casca pardo-acinzentada. Folhas alternas,  irregularmente serrilhadas, com pilosidade brancacenta na face inferior. Flores brancas ou róseas, providas de calículo. Fruto cápsula, coberto de pilosidade de cor castanha e apreciados pelos tucanos. Ocorre desde Minas Gerais e Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul.

Açoita cavalo - Luehea candicans

Açoita cavalo – Luehea candicans

Floresce nos meses de janeiro a março. Usada para confecção de cadeiras, hélices de avião, caixotaria, móveis, peças torneadas, calçados, rodapés, molduras, construções internas e compensados. Dos galhos fazem-se cangalhas, cestos, jacás e varas para cavalos. A embira presta-se para fabricação de cordas e barbantes. Também é indicada para recuperação de áreas degradadas, projetos de arborização e paisagismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s